Prisão de publicitário assusta políticos do PT e do PMDB

 André Gustavo Vieira da Silva é acusado de intermediar repasse de propina ao ex-presidente do BB e da Petrobras Aldemir Bendine

Época – Coluna Expresso – Murilo Ramos

A prisão do publicitário André Gustavo Vieira da Silva, alvo da Operação Cobra, 42ª fase da Lava Jato deflagrada pela Polícia Federal, assusta políticos do PT e do PMDB.

Vieira da Silva é compadre do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, enrolado no mensalão e no petrolão.

O publicitário ganhou projeção e contratos durante o mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Vieira da Silva mantém ligações também com caciques do PMDB.

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s