Eduardo Cunha à Revista VEJA: “Temer é o verdadeiro chefe”

Ex-deputado estaria disposto ainda a contar detalhes de negociações

Ex-deputado estaria disposto ainda a contar detalhes de negociações

A delação do ex-deputado Eduardo Cunha teria dez capítulos dedicados exclusivamente ao presidente Michel Temer, com acusações diversas, diz reportagem da Veja deste final de semana. A intenção de Cunha seria apontar que Temer é o “verdadeiro chefe” da organização criminosa formada pelo chamado “PMDB da Câmara”.

Cunha estaria disposto a contar detalhes de negociações de propinas ocorridas na presença de Michel Temer.

De acordo com a reportagem, disponibilizada apenas em parte na web, Cunha relaciona Temer, no rascunho da delação, a negócios na Petrobras, principalmente na área de internacional, e a propinas no setor de aeroportos e aeroportos e no Porto de Santos.

Cunha também falaria sobre encontros entre Temer e empreiteiros para discutir doações eleitorais ao PMDB relacionadas à liberação de recursos do FI-FGTS, e ainda um investimento na concessionária Via Rondon, uma das empresas da família Constantino, fundadora da companhia aérea Gol.

“Tudo indica que, apesar de aliado, ele sempre desconfiou de Temer e guardava informações que poderiam ser usadas contra ele no futuro”, disse um dos encarregados da investigação à revista Veja.

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Esse post foi publicado em deputado federal. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s