Greve no Grande Recife: Sem ônibus nesta segunda-feira

Em assembleia na última quinta-feira, a categoria decretou greve devido à falta de negociação na campanha salarial

Resultado de imagem para onibus no recife greve

Do Diario de Pernambuco

Em reunião realizada na manhã deste domingo (2), o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários Urbanos de Passageiros decidiu manter um percentual de 30% da frota circulando nesta segunda-feira. A categoria entrará em greve, por tempo indeterminado, a partir da 0h desta segunda-feira (3), depois de alegar uma falta de diálogo na negociação sobre a campanha salarial com os patronais. Entre a meia-noite e as 5h, não haverá ônibus em circulação, afirma o sindicato dos trabalhadores. Depois disso, eles dizem que tentarão manter os 30% mínimos de ônibus nas ruas, como estabelece a Lei de Greve.

Na última sexta-feira (30), o Grande Recife Consórcio de Transportenotificou o sindicato dos trabalhadores e também o Sindicatos das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) para a manutenção de uma frota mínima circulante.

O documento solicita a garantia do funcionamento mínimo dos serviços de transporte, conforme previsto nos artigos 9º a 112 da Lei 7.783/89, onde diz que, para garantir a legalidade, deverão ser mantidos os percentuais de 50% dos serviços de transporte público no horário de maior movimento, das 5 às 9h e das 16h às 20h, e 30% nos demais horários para evitar transtornos e prejuízos à população.

“Não é um documento que tem validade judicial. O Grande Recife não é um órgão superior a nós. Mas, como sabemos que iremos ser chamados pelo tribunal e queremos manter a legalidade, vamos cumprir com o determinado”, explicou o presidente do Sindicato, Benilson Custódio. Ele não deu detalhes de como a categoria pretende se organizar amanhã, mas disse que tentará mobilizar motoristas, fiscais e cobradores a atender ao pedido.

Na sexta-feira, quando foi realizada a Greve Geral contra a reforma trabalhista e da Previdência, ônibus pararam na Av. Conde da Boa Vista e na Av. Guararapes organizados em um ato que o Sindicato afirmou não ter articulado. “A gente tem que ter responsabilidade e ver o que é melhor para o trabalhador”, ressaltou.

Os rodoviários pedem um aumento de 7% sobre o piso salarial, 20% no vale alimentação, pagamento de 20% do plano de saúde pelas empresas e também a manutenção dos cobradores. Em nota emitida na última sexta-feira, o Urbana-PE afirmou que se empenhou, na última semana, para chegar a um acordo com os trabalhadore, sem esquecer da atual realidade do setor de transporte público.

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Esse post foi publicado em gorveno pe. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s