Conselho do presidente do PSB ao Ministro de Minas e Energia é o mesmo que juntar a fome com a vontade de comer

RHkYkS-w-horz

Diante dos últimos acontecimentos e o que já vem sendo cogitado nos bastidores da política em Pernambuco, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, deixou o Ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho, em uma situação bastante privilegiada. Muito antes dos mais recentes escândalos de Brasília envolvendo o nome Michel Temer, aliados do senador Armando Monteiro (PTB), pré-candidato ao governo de Pernambuco em 2018, falavam que o nome ideal para compor chapa com o petebista seria o de Fernando Filho.

Com a noticia do Blog do Magno Martins de que o presidente do PSB teria aconselhado o ministro a sair do partido, isso o deixa mais confortável para uma eventual decisão de se aproximar do senador petebista. Segundo os defensores da pré-candidatura de Armando, o mesmo teria que buscar alianças com lideranças de peso no interior do estado. Nesse caso entraria em sena o peso político do senador Fernando Bezerra Coelho, pai do ministro e que não disputaria a próxima eleição uma vez que tem mandato até 2022. Se afastarem o ministro Fernando Filho do PSB, automaticamente vão aproximar todo o grupo político de FBC da futura campanha de Armando Monteiro.

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s