Fogo Cruzado em PE: Ver para crer

Marisa Gibson, na sua coluna DIARIO POLÍTICO desta quarta-feira:

Socialistas, que se consideram autênticos, querem ver para crer:

Primeiro, o deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) e o vice-governador Raul Henry, presidente estadual do PMDB, permanecerem ao lado do presidente Michel Temer (PMDB) até “a derrocada final do governo”;

Segundo, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), junto com  seu grupo, persistir no apoio às reformas da Previdência e trabalhista até o fim.

Peças fundamentais para a continuidade do projeto do PSB no Estado, Jarbas e Raul podem até ficar onde estão, ao lado do governador Paulo Câmara (PSB), mesmo defendendo Temer até 2018. “Esse é um problema deles”, argumenta-se.

Agora, o prazo de Bezerra Coelho e seu grupo, também importantes para uma eventual reeleição de Paulo, será a votação da reforma da Previdência até o fim do mês, se for o caso, quando então se colocaria a faca no pescoço dos dissidentes – uma  advertência ou a expulsão do partido.

A segunda hipótese é remota porque o que está em jogo, no Estado, é a reeleição de Paulo e não vale a pena dispersar forças. Os requerimentos para punição dos que votaram a favor da reforma trabalhista, de autoria de cinco secretários de setores do PSB, até ontem não haviam chegado ao presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, que confessa não ter vocação para impor. “Prefiro a conciliação”, assinala.

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s