Anuncie

Imagem | Publicado em por

MESA REDONDA ENTREVISTA: Vereador Marcos do INPS, encerro aqui minha vida pública como candidato

Encerro aqui minha vida pública como candidato’ … Mesmo saindo da vida pública, sigo na cena política como cidadão … falou Marcos do INPS no Cabo de Santo Agostinho

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Publicado em BLOG DO MARCOS ALMEIDA | Deixe um comentário

A Realidade Nua e Crua: Medo e incerteza Criminosos explodem caixa eletrônico e arrombam agência dos Correios na madrugada desta sexta (02) em Pernambuco

Grupo explode caixa eletrônico de agência bancária em Xexéu

Grupo explode caixa eletrônico de agência bancária em Xexéu

Um caixa eletrônico do Bradesco foi estourado na madrugada desta sexta-feira (2) em uma agência bancária de Xexéu, na Mata Sul do Estado. Segundo a Polícia Civil, a perícia segue sendo feita no local, para saber o tipo de armamento usado para destruir o equipamento que funciona na cidade.

Também não foi informado pela Polícia os detalhes da quantidade de pessoas que participaram da ação e sobre o valor levado após a explosão. De acordo com o delegado titular de Repressão aos Roubos e Furtos de Pernambuco, Paulo Berenguer, os detalhes sobre o caso serão divulgados após a realização da perícia.

“A nossa equipe encontra-se no local. O que podemos adiantar é que o caixa eletrônico e parte da agência foi destruída” diz.

Criminosos arrombam agência dos Correios em São Caetano

Criminosos arrombam agência dos Correios em São Caetano

A agência dos Correios de São Caetano, Agreste de Pernambuco, foi arrombada na madrugada desta sexta-feira (2). De acordo com a Polícia Militar, dois homens encapuzados quebraram as portas laterais com um “pé de cabra” e entraram no local.

Ainda de acordo com a PM, os suspeitos abriram os cofres com uma furadeira, mas não conseguiram abrir o equipamento principal, onde estava guardado o dinheiro. Os dois homens fugiram e ainda não foram identificados. Ninguém ficou ferido e nenhum quantia foi levada. G1 Caruaru

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Publicado em Violência PE | Deixe um comentário

A falência “o Pacto pela Vida faliu” Passageira é assassinada durante assalto no metrô na Zona Sul do Recife

O assalto aconteceu por volta das 21h30, nas proximidades da Estação Imbiribeira. Foto: Roberto Ramos/DP

Uma passageira do metrô morreu após ser baleada na cabeça durante um assalto dentro do vagão em que estava, na noite desta quinta-feira, nas imediações da Estação Imbiribeira, na Zona Sul do Recife. Edilene Maria da Silva, de 39 anos, estava no último vagão da Linha Sul, sentido Cajueiro/Recife, quando, por volta das 21h30, dois suspeitos anunciaram o assalto. Um outro passageiro reagiu. Ele teria dado voz de prisão à dupla e atirado contra os assaltantes. O tiro acertou a mulher.

“Os passageiros relataram que ouviram apenas um tiro e foi esse disparo que acertou a usuária. Os suspeitos entraram e anunciaram o assalto. Um deles estava armado e o outro foi fazer a captação dos pertences dos passageiros. Quando eles estavam chegando na Imbiribeira, um homem levantou, deu voz de prisão e abriu fogo”, detalhou o policial ferroviário Nivaldo Lucena.

De acordo com a Polícia Ferroviária Federal, três testemunhas presenciaram o crime. O passageiro que efetuou o disparo teria desembarcado na Estação Imbiribeira e os dois suspeitos de assalto conseguiram fugir ao chegar na Estação Largo da Paz. Em Afogados, o trem parou e a mulher foi socorrida pelos policiais para a Policlínica Agamenon Magalhães, que fica em frente à estação. Edilene Maria ainda chegou com vida à unidade de saúde, mas não resistiu à gravidade do ferimento e a perda de massa encefálica.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos já está fazendo a verificação das câmeras de segurança para identificar os envolvidos na ocorrência. Até o momento, se sabe que um dos suspeitos de assalto trajava uma camiseta amarela e calça jeans. O trem foi encaminhado para a Estação Recife para passar por perícia do Instituto de Criminalística. O caso será registrado na Central de Flagrantes. A bolsa com os documentos e pertences da mulher não foi encontrada.

Confira a nota divulgada pela CBTU sobre a ocorrência

A CBTU Recife informa que uma usuária do sistema foi ferida por arma de fogo na noite desta quinta-feira, 01, dentro do trem no trajeto entre as estações Shopping e Imbiribeira. Ela foi socorrida por policiais militares e encaminhada à Policlínica de Afogados. Do Diário de Pernambuco

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Publicado em assassinado | Deixe um comentário

No Cabo: Prefeitura inaugura obras de recuperação da Av. Miguel Arraes

A população de Ponte dos Carvalhos, no Cabo de Santo Agostinho, comemorou, nesta quinta-feira (01/12), a entrega das obras de recuperação da Avenida Miguel Arraes. A inauguração dos serviços foi realizada pelo prefeito Vado da Farmácia e parte de seu secretariado, com a presença de servidores públicos, moradores, vereadores, além de professores e alunos da Escola Municipal José Clarindo Gomes.

A obra contemplou os serviços de restauração do asfalto, reforço na drenagem de águas pluviais, manutenção e pintura do meio-fio, limpeza de canaletas, entre outros. Algumas transversais também receberam melhorias. As obras visaram reestruturar a mobilidade na avenida e oferecer maior conforto a quem trafega na área. A Miguel Arraes dá acesso à BR-101 nova.

O prefeito Vado agradeceu o empenho da sua equipe na conclusão dos serviços e destacou a importância da via para a comunidade. “Sabemos da importância desta rua para os moradores não só de Ponte dos Carvalhos, mas aos que passam por aqui todos os dias para trabalhar”, frisou. Vado ainda destacou diversas obras importantes que o município vem recebendo em sua gestão. “Até o último dia do meu mandato eu estarei empenhado para concluir e entregar á população outras obras como a coberta do Mercadão, a antiga estrada de Suape e Avenida 5 de Enseada dos Corais, além do estádio de Pontezinha e o campo do Carecão, na Charneca”, finalizou.

“Queremos agradecer ao prefeito Vado pelas melhoras no entorno da escola Clarindo, como a recuperação de toda a via Miguel Arraes e a recuperação da iluminação na área, pois isso contribui mais ainda para a segurança de transeuntes, alunos e professores. Obrigada prefeito, mesmo estando ao término de seu mandato, não esqueceu de seus conterrâneos”, declarou a diretora da escola, Jaqueline Amâncio.

O secretário de Coordenação Regional e Serviços Públicos, Everaldo Monteiro, comentou da satisfação em ver a Miguel Arraes completamente pronta. “Estamos aqui hoje trazendo a dignidade a todas as pessoas que sofreram tanto com o grande tráfego de veículos prejudicando população e alunos. Foram quase 5 meses de trabalho. Tivemos algumas dificuldades, mas conseguimos concluir com êxito mais esse serviço. O prefeito não mediu esforços para que esse dia chegasse”, enfatizou.

Por  Thainá França – Secom | Cabo                   Fotos: João Barbosa

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Publicado em prefeito do cabo | Deixe um comentário

Caça-Fantasmas Mira em 19: Câmara de Jaboatão tinha esquema de servidores fantasmas, diz polícia

Thays Estarque e Ricardo Novelino Do G1 PE

A Polícia Civil de Pernambuco detalhou, nesta terça-feira (18), como funcionava a suposta fraude na Câmara de Vereadores de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. A investigação faz parte da Operação ‘Caixa de Pandora’, deflagrada na sexta-feira (14). De acordo com os responsáveis pelo caso, foi montado um esquema de arrecadação de dinheiro envolvendo 19 dos 27 parlamentares e funcionários-fantasmas. “Oficialmente, já encontramos 21 servidores que não trabalhavam, mas esse número pode passar de 360”, afirmou a delegada Patrícia Domingos.

A ‘Caixa de Pandora’ cumpriu 48 mandados de busca e apreensão domiciliar. Desse total, foram alvo 19 parlamentares. A Câmara tem 27 cadeiras. Os demais eram assessores e servidores. Entre os investigados, estão o candidato a prefeito da cidade Manoel Pereira Neco (PDT) e o postulante a vice na chapa adversária, Ricardo Valois (PR). Os dois estão no atual mandato no Legislativo municipal. Cinco parlamentares conseguiram se reeleger em 2 de outubro.

As investigações começaram em janeiro deste ano. A polícia revela que foi estabelecido na Câmara um sistema de troca de interesses. Um vereador nomearia um servidor e, em contrapartida, ele daria parte do salário ao parlamentar. Esse suposto trabalhador recebia no fim do mês, mas sem precisar ir ao gabinete.

Os vencimentos variavam de R$ 1.700 a R$ 7.500. “Teve um caso em que o funcionário recebia 5.600. Ele ficava com 500 e dava 5.100 para o vereador”, observou a delegada.

Segundo ela, foi possível encontrar pessoas que apareciam na Câmara apenas para assinar o ponto, uma vez por mês, e colocavam o nome como se tivessem trabalhado os 30 dias. “E tinha gente que nem ia assinar o ponto lá”, declarou a policial.

Delegada Patrícia Domingos (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)Delegada Patrícia Domingos (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

A denúncia partiu de um funcionário concursado, e o presidente da Câmara endossou a abertura da investigação. Como não seria possível ouvir, de imediato, os 360 servidores comissionados do Legislativo, a investigação foi feita por amostragem. “Dos 21 funcionários perguntados, todos disseram nunca ter trabalhado na câmara”, comentou a delegada Patrícia Domingos.

Ao longo de 2015, houve dois aumentos no número de cargos comissionados na Casa Legislativa. Primeiramente, o número foi majorado para 279 e depois para 360. “Visualizando o prédio da Câmara, nós sabemos que esses funcionários sequer caberiam dentro”, observou Domingos.

A polícia informou, ainda, que os ‘fantasmas’ de Jaboatão trabalhavam em vários setores da economia, sobretudo, na informalidade. “Tinha dono de box de bolsas, de celular, vendedor de raspa-raspa e dona de casa”, comentou Domingos. Enquanto isso, havia até gabinetes fechados.

A operação foi em parceria com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE). De acordo com a delegada, essa é uma prática comum que acontece nas Câmaras. “Essa foi a primeira investigada e não será a única. Vamos continuar investigar as outras no estado”, garantiu.

Há suspeita, ainda, de que outras irregularidades seriam praticadas até o fim do mandato, em dezembro deste ano. Os funcionários seriam desligados para receber as verbas indenizatórias. No casos dos parlamentares reeleitos, eles seriam contratados novamente. “Esses valores também eram devolvidos em parte para os vereadores”, disse Patrícia Domingos.

Ainda de acordo com ela, os vereadores investigados ainda não foram ouvidos. “Se todas as denúncias forem confirmadas, eles responderão pelos crimes de peculato e associação criminosa. Os funcionários-fantasmas responderão por peculato, associação criminosa e abandono de cargo”, afirmou.

Dinheiro
No fim da sexta-feira, a Polícia Civil fez um balanço das apreensões. Ao todo, os agentes recolheram R$ 303.783. Ainda segundo a polícia, desse valor apreendido, a maior parte (R$ 177 mil) foi encontrada na casa do candidato Neco.

Foram retiradas de circulação três armas: uma pistola calibre 380, um rifle calibre 22 e um revólver calibre 38. Três pessoas foram autuadas por crimes previstos no Estatuto do Desarmamento, entre elas, dois vereadores do município de Jaboatão dos Guararapes. Eles pagaram fiança e vão responder em liberdade. Também foram apreendidos computadores, celulares, centenas de documentos e cartões de banco.

Sede do Depatri (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)Sede do Depatri (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

Surpresa
Nesta terça, a delegada Patrícia Domingos repassou mais informações sobre as apreensões. “Na casa de um vereador foi encontrada uma quantidade muito grande de medicamentos, talonário de receitas controladas, talonários já assinados por uma médica, mas em branco e uma agenda com marcações para diversas cirurgias. Apuramos durante a investigação uma permuta de votos em troca de cirurgias e receitas”, afirmou.

A delegada ressaltou também outras descobertas. “Nós encontramos ainda nas casas dos vereadores uma listagem com nome, título de eleitor e zona eleitoral dos eleitores. Na casa de alguns estava descrito como cadastro de apoiadores e de outros como boca de urna”, disse.

Apreensões da Operação Caixa de Pandora (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)Apreensões da Operação Caixa de Pandora (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

Risco
O promotor Ricardo Lapenda aproveitou a coletiva da Polícia Civil para justificar a realização da operação durante a campanha eleitoral do segundo turno. Segundo ele, havia risco de destruição de provas.

Os mandados judiciais foram expedidos na quinta-feira (13). “Houve uma divulgação do Tribunal de Contas e muitas vezes, quando isso acontece, a polícia tem que agir para garantir a coleta dessas provas. Eles [investigados] poderiam agir no sentido de destruir”, ressaltou Lapenda.

Respostas
Na sexta-feira, em nota, a Coligação Muda Jaboatão, do candidato Anderson Ferreira, afirmou que “apoia toda investigação e a rigorosa apuração procedida pelo Ministério Público e pela Polícia. E têm a certeza de que a justiça será feita nesse casão envolvendo vereadores de Jaboatão”. O G1 tentou localizar o vereador Ricardo Valois, mas não obteve sucesso.

Em coletiva de imprensa realizada na sexta, em sua casa, Neco disse estar tranquilo e que os advogados cuidarão da parte jurídica. Para ele, toda a operação não passa de uma ‘armação’. Na ocasião, ele definiu sua vida como ‘um livro aberto’, devido aos seus 40 anos como vereador em Jaboatão dos Guararapes e aos 25 anos como delegado.

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Publicado em vereador | Deixe um comentário

VIROU MODA NO BRASIL: PF prende prefeita de Ribeirão Preto (SP) na 2ª fase da Sevandija

A prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera (PSD), foi presa na manhã desta sexta-feira, 2, em sua casa, na cidade do interior paulista, na Operação Mamãe Noel, deflagrada pela Polícia Federal e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público de São Paulo (Gaeco).A ação cumpre mandados de prisão preventiva, de busca e apreensão e bloqueio de bens em três cidades do Estado de São Paulo, e é a segunda fase da Operação Sevandija, iniciada em 1º de setembro, que apura o desvio de um total de R$ 203 milhões nos cofres públicos da cidade do interior paulista.
De acordo com a PF, Dárcy foi presa a pedido da Procuradoria Geral do Estado. A polícia e o Gaeco darão entrevista coletiva para detalhar a operação e as outras prisões às 10h30 desta sexta, na sede do Ministério Público de Ribeirão Preto. Segundo a Polícia Federal, a nova operação apura crimes de peculato, falsidade ideológica, uso de documento falso, corrupção ativa e passiva, entre outros.

O nome “Mamãe Noel”, é uma referência às evidências de que a ex-advogada do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ribeirão Preto Maria Zuely Librandi repassou, entre 2013 e 2016, mais de R$ 5 milhões aos demais denunciados, em dinheiro e cheques, desviados da prefeitura de Ribeirão Preto.

O esquema de desvio no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais foi descoberto acidentalmente nas investigações da Operação Sevandija, que envolveram interceptações telefônicas, análise de milhares de documentos e investiga o pagamento de propina para a liberação de honorários advocatícios. Por conta do plano Collor, o Sindicato dos Servidores venceu uma ação de R$ 800 milhões contra o poder público.

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Publicado em PREFEITO | Deixe um comentário

Depois de Dilma, Congresso será alvo de manifestação

AAkZFIt AAl0pXq

A promessa do presidente Michel Temer de vetar qualquer tentativa de anistia ao caixa 2 enviada pela Câmara mudou o foco da manifestação marcada para domingo pelos grupos que lideraram nas ruas o movimento pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.

As três maiores organizações, Vem Pra Rua, MBL e Nas Ruas convergem em dois pontos nas demandas que serão levadas à Avenida Paulista no domingo: defesa “intransigente” da força tarefa da Lava Jato e crítica ao Legislativo, que estaria desfigurando as 10 medidas contra a corrupção enviadas ao Congresso Nacional pelo Ministério Público.

Nesta quarta-feira, 30, a Força Tarefa da Lava Jato convocou entrevista coletiva para criticar de forma contundente o texto final do pacote de medidas anticorrupção aprovado pela Câmara. Os procuradores ameaçaram renunciar caso o projeto seja sancionado pelo presidente Michel Temer.

“Estão fazendo aqui o mesmo que fizeram com a Mãos Limpas na Itália. O que os procuradores fizeram ontem foi um pedido de socorro às ruas”, afirma Carla Zambelli, líder do grupo Nas Ruas.

A ativista afirma que os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), serão o alvo principal do protesto de domingo.

“Faremos campanha contra a recondução de Rodrigo Maia à presidência da Câmara”, disse a líder do Nas Ruas.

O Vem Pra Rua e o MBL, que durante o processo de impeachment de Dilma Rousseff foram aliados de parlamentares da antiga oposição, em especial de deputados e senadores do PSDB e DEM, agora estão afastados dos legisladores e alinhados com as bandeiras do judiciário.

O VPR, que promete reunir manifestantes em 100 cidades de todo o país, adotou como palavra de ordem o apoio “total e irrestrito” à Operação Lava Jato. A lista de demandas também é composta pela aprovação das 10 Medidas contra a Corrupção (PL4850) conforme relatório aprovado na Comissão que discutiu o tema por quatro meses, o fim do foro privilegiado e a rejeição ao PL 280, sobre abuso de autoridade.

O MBL, que ainda não definiu sua participação na manifestação de domingo, usou ontem as redes sociais para criticar os senadores.

O senador Renan Calheiros foi chamado de “capitão do golpe” e Aécio Neves (MG), presidente do PSDB, foi acusado de ter feito “parte do acordo” para modificar as 10 medidas.

Os grupos se reunirão hoje com a Polícia Militar para definir a organização do ato.

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Publicado em Congresso | Deixe um comentário

IPOJUCA AGORA: Embarcação com pesca irregular é apreendida em Porto de Galinhas, numa ação que envolveu CPRH, Ibama e PF

Equipe teve ainda a participação de agentes da Secretaria de Meio Ambiente de Ipojuca (Fotos: CPRH/Divulgação)

Uma ação conjunta da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), Ibama, Polícia Federal e Secretaria de Meio Ambiente de Ipojuca resultou na apreensão, na tarde desta quinta-feira (1º), de uma embarcação, uma rede de espera de 1.200 metros e 150 quilos de pescados, frutos de pesca irregular realizada em Porto de Galinhas, no litoral Sul do Estado. A fiscalização envolveu 17 profissionais – em terra e mar – e uma embarcação da PF. O proprietário do barco usado na atividade ilegal foi multado em R$ 3.300 – valor definido pela legislação ambiental.

A fiscalização foi definida a partir de uma denúncia feita no início de novembro à CPRH: a de que está havendo alta mortandade de tartarugas marinhas em algumas áreas da costa, em Porto de Galinhas. Muitas dessas mortes, de acordo com as informações, ocorrem porque as tartarugas ficam presas em redes de pesca. Há três semanas, em reunião preparatória na sede do Ibama, foi definida a operação desta quinta , que teve 4 agentes da unidade de fauna da CPRH, 4 do Ibama, 7 da Prefeitura de Ipojuca e dois policiais federais.

Os 150 quilos de pescados encontrados na embarcação (sardinha, corvina, pescada e serra) foram doados, no final desta tarde, à Mesa Brasil, entidade carente que trabalha com alimentos na área da Ceasa, no Recife. Para a atividade pesqueira é necessária autorização emitida pelo Governo Federal (Secretaria da Pesca). Por isso a apreensão do barco, com o proprietário do mesmo ficando como fiel depositário. A rede de espera ficou com o Ibama.

Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental – NCSEA
Agência Estadual de Meio Ambiente – CPRH

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento
Publicado em PREFEITURAS | Deixe um comentário

Brasília em Chamas: Por 8 votos a 3, Renan vira réu no STF por desvio de dinheiro público

naom_58409999bf478

Senador é acusado de usar lobista de uma empreiteira para pagar pensão a uma filha que teve fora do casamento

Por 8 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (1º) abrir uma ação penal e tornar réu o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público). É a primeira vez que Renan se tornará réu em uma ação penal.

O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), relator do inquérito, votou pelo recebimento parcial da denúncia e consequente abertura de ação penal.

Além dele, Teori Zavascki, Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e a presidente do STF, Cármen Lúcia, votaram pelo acolhimento da denúncia por peculato, na tarde desta quinta-feira (1°).

A investigação do caso começou em 2007 – ocasião em que o peemedebista renunciou à presidência do Senado. A denúncia foi oferecida ao STF pela PGR (Procuradoria-Geral da República) em 2013. Renan é acusado de peculato (desvio de recursos), falsidade ideológica e uso de documento falso.

De acordo com a Procuradoria, representada no julgamento pelo vice-procurador-geral da República, José Bonifácio de Andrada, Renan apresentou, em uma investigação no Senado, documentos falsos para justificar pagamentos de pensão que fez à jornalista Mônica Veloso, com quem teve uma filha fora do casamento.

Os pagamentos investigados são de janeiro de 2004 a dezembro de 2006. O presidente do Senado sustentou que os recursos eram provenientes de venda de gado e de um empréstimo. Segundo a PGR, porém, documentos apresentados para comprovar essa renda tinham falsidades e inconsistências. Haveria falsidade ideológica, por exemplo, em recibos de venda de gado e fichas de vacinação. Em alguns casos, segundo a investigação, os documentos se referiam a fazendas de terceiros.

Houve também o depoimento de um comprador de gado, indicado por Renan, que disse à Justiça não ter adquirido o número de cabeças declarado pelo senador. Ainda conforme a denúncia, foram entregues notas fiscais frias para comprovar a venda do gado.

VOTO DO RELATOR

Fachin entendeu que há indícios de autoria e materialidade do crime de peculato, conforme apontado por quebra do sigilo das contas de Renan. Para o ministro, há indícios de que Renan usou verba indenizatória do Senado para custear parte da pensão de sua filha. Também existem, segundo Fachin, evidências de que um empréstimo que o senador alegou ter tomado de uma empresa de aluguel de veículos não tenha acontecido de verdade.

Quanto à denúncia de falsidade ideológica e uso de documento falso, Fachin entendeu que parte já prescreveu – no tocante a documentos particulares, como contratos de empréstimo – e outra parte – referente a documentos públicos, como fichas de vacinação – não merece ser recebida. Isso porque a PGR não explicou exatamente qual informação falsa foi inserida nos documentos apontados.

ARGUMENTOS DA DEFESA

Antes do voto de Fachin, o advogado de Renan, Aristides Junqueira, criticou a investigação. “Não há indícios suficientes sequer para o recebimento da denúncia”, disse o defensor, que apontou “incongruências”.

Para Junqueira, enquanto o inquérito em análise investiga suposta incapacidade financeira de Renan de arcar com despesas familiares, em outro inquérito no STF, sob relatoria do ministro Dias Toffoli, apura-se excesso de dinheiro em suas contas, na mesma época (2004-2006).

“Por que o Ministério Público denuncia apenas o senador e não denuncia o [suposto] coautor que emitiu as notas fiscais?”, questionou Junqueira. Para ele, a denúncia da PGR é vaga e imprecisa. “Denúncia que não descreve o fato com todas as circunstâncias é denúncia inepta”, disse.

Enquanto no plenário o advogado de Renan falava, magistrados, em frente ao Supremo, protestavam contra projetos que tramitam no Congresso e que visam punir juízes e membros do Ministério Público por abuso de autoridade.

Um esquema de segurança mais rígido foi montado em torno do prédio do STF. A manifestação, que teve juízes cantando o Hino Nacional durante a sessão, foi convocada por entidades de classe, como a AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros).

Com informações da Folhapress.

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Publicado em Congresso | Deixe um comentário

Hoje: manchetes dos principais jornais nesta sexta [02-12-2016]

https://marcosalmeidalocutor.files.wordpress.com/2016/12/851d0-ji_2016-12-02.jpg?w=395&h=692

O Globo
Emílio e Marcelo Odebrecht assinam acordo de delação na Lava-Jato

O Dia
PF prende ex-tesoureiro da Caixa suspeito de roubar R$ 1,5 milhão

Extra
Professor é acusado de quebrar queixo e dentes de aluno de 7 anos

Folha de São Paulo
Maioria do Supremo vota a favor e Renan vira réu pela 1ª vez por desvio de dinheiro público

O Estado de São Paulo
‘Desculpe, a Odebrecht errou’, diz empresa ao fechar leniência de R$ 6,8 bi

Correio Braziliense
Cego e embriagado, motorista é preso após parar em posto policial

Valor Econômico
Dólar fecha em alta com tensão externa e incerteza política

Estado de Minas
Presidente da Chapecoense indica que velório ocorrerá no sábado de manhã na Arena Condá

Jornal do Commercio
TRF5 nega pedido de anulação da redação do Enem feito pelo MPF

Diário do Nordeste
PSDB já considera o fim de governo Temer e articula eleição indireta de FHC

Zero Hora
8 mil servidores federais são flagrados entre beneficiários do Bolsa Família

Brasil Econômico
Adidas lidera ranking das mais reclamadas na Black Friday

A Tarde
Grupo rouba Banco do Brasil e espalha terror em São Félix

Correio da Bahia
Quatro homens são presos suspeitos de matar PM na Boca do Rio

Blog do Marcos Almeida:  A Notícia em Movimento

Publicado em destaque dos jornais | Deixe um comentário