Jaboatão joga duro e promete cortar ponto e demitir professor que aderir a greve convocada pelo Sinproja

 

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DO JABOATÃO DOS GUARARAPES-SEDUC-PE

Jaboatão dos Guararapes, 23 de agosto de 2010.
CIRCULAR n.º 114 /2010 – GABINETE/SEDUC

A SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO, no uso das atribuições que lhe foram delegadas pelo Ato nº 13/2009, bem como da Lei nº 224/1996, da Lei nº 176/1995 e da Lei nº 178/2002;

CONSIDERANDO o Ofício n° 159/10 do SINPROJA informando à SEDUC a decretação da GREVE a ser deflagrada em 24/08/2010 (terça-feira);

CONSIDERANDO o direito dos alunos em freqüentar normalmente as aulas nas Escolas Municipais do Jaboatão dos Guararapes, bem como a garantia do ano letivo de 2010;

CONSIDERANDO o direito dos pais dos alunos de terem seus filhos freqüentando as Escolas da Rede Municipal do Jaboatão dos Guararapes;

CONSIDERANDO o que impõe a LDB sobre a necessidade do cumprimento dos 200 (duzentos) dias letivos e 800 h/a anuais;

CONSIDERANDO o compromisso da SEDUC, desde janeiro de 2009, com os Diretores/Gestores, professores e comunidade escolar em propiciar uma efetiva melhoria na qualidade da Educação no Município de Jaboatão dos Guararapes;

CONSIDERANDO que, atualmente, 93,58% (noventa e três vírgula cinqüenta e oito por cento) dos recursos destinados a Educação são gastos com o pagamento da folha salarial dos servidores vinculados à SEDUC.

INFORMA:

1) Que os Gestores Escolares são responsáveis pelo funcionamento das Escolas Municipais do Jaboatão dos Guararapes durante o período de greve;

2) Que a merenda escolar será regularmente fornecida às Escolas Municipais do Jaboatão dos Guararapes durante o período de greve;

3) Que os Gestores Escolares deverão comunicar, imediatamente, à SEDUC a quantidade e função dos professores e servidores que aderirem a greve para que sejam enviados estagiários em sua substituição;

4) Que as Escolas da Rede Municipal do Jaboatão dos Guararapes deverão permanecer funcionando normalmente com os professores e servidores efetivos que não aderirem a greve, com os professores contratados e com os estagiários;

5) Que os professores e servidores efetivos que aderirem a greve serão substituídos por estagiários;

6) Que os professores e servidores em estágio probatório, acaso aderirem a greve, levarão falta, fato que será levado em consideração no momento de lhe ser atribuída, por ventura, a estabilidade funcional;

7) Que os professores contratados e estagiários que aderirem a greve terão seus contratos, automaticamente, rescindidos;

8) Que não haverá reposição de aulas nas Escolas Municipais do Jaboatão dos Guararapes no ano de 2010.
Por fim, apelamos para o compromisso e o bom senso dos Gestores Escolares com a Educação para que garantam o direito dos alunos ao ensino nas Escolas da Rede Municipal do Jaboatão dos Guararapes.

MARIA MIRTES CORDEIRO RODRIGUES
SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DO JABOATÃO DOS GUARARAPES

 fonte: blog jamildo

Sobre marcosalmeidalocutor

Diariamente das 11:00 às 12:00 na Rádio Ponte FM - 98,5 no Cabo de Santo Agostinho.
Esse post foi publicado em Política. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s